logo-bw

Dietética

É pela escolha e ordem de introdução dos sabores, consistências, temperaturas e até das cores, que são determinadas uma série de reações psicofisiológicas, cujo efeito pode ser tonificante, dispersante ou ainda reequilibrante das diferentes funções orgânicas. Adequar a alimentação e sabor dos seus efeitos sobre o nosso corpo, é saber a maneira de se intervir nos casos do vazio ou plenitude dos órgãos. Através desse conhecimento a Medicina Chinesa, elaborou um procedimento para repor os gastos energéticos e da matéria, proporcionando vitalidade e longevidade celular. Paralelamente, combate os processos degenerativos, o envelhecimento precoce e principalmente o aparecimento de patologias crónicas através da prevenção e manutenção da saúde do organismo.

20160430_EPCweb_medchinesa_dietetica_

Segundo a Dietética Chinesa, alimentar-se bem significa alimentar-se com os produtos que contenham a energia necessária para o corpo em determinado momento. Os alimentos são caracterizados por sabor, cor, natureza, movimento energético, forma física, forma de preparo, temperatura e tropismo, pois todos estes têm ação sobre os demais órgãos e energias do nosso organismo.

A partir de um diagnóstico personalizado, o médico de Medicina Chinesa irá recomendar incidir em dada especificidade dependendo da condição do paciente determinada pela avaliação dos meridianos e órgãos envolvidos no desequilíbrio energético. Neste sentido, torna-se fundamental conhecer as rotinas alimentares de cada paciente para que possam ser feitas as devidas recomendações em prol da sua saúde e bem-estar.

20160430_EPCweb_medchinesa_dietetica_2

MARQUE A SUA CONSULTA

Newsletter

Saiba mais sobre as promoções e pacotes especiais através da nossa newsletter.

MARQUE A SUA CONSULTA